São Paulo inicia a segunda etapa da fase de transição

São Paulo registra queda nos indicadores diários de casos, internações e óbitos pela primeira vez em dois meses

Segundo o governo paulista, na última semana, foram registrados:

  • 12.784 novos casos por dia no estado, 14,3% a menos do que na semana anterior;
  • 2.267 novas internações diárias, com queda de 6%; e
  • 621 óbitos por covid por dia, 23,6% a menos.

As taxas de ocupação de leitos de UTI (Unidade de Terapia Intensiva) estão em 81,1% no estado e 79,2% na Grande São Paulo. No início de abril, ambos chegaram a 92%.

A partir de amanhã (24), todo o estado entrará na segunda etapa da fase de transição do Plano SP, que deverá vigorar até, pelo menos, o fim da semana que vem. A primeira etapa teve a duração de seis dias, começando no último domingo (18).

Uma nova definição sobre a continuidade da flexibilização das medidas restritivas deve ser anunciada na próxima sexta-feira (30).

Após a liberação da realização de missas e cultos religiosos e a reabertura do comércio, a segunda etapa se concentrará em retomar as atividades do setor de serviços. Restaurantes, salões de beleza e barbearias podem funcionar no mesmo horário que o comércio em geral, das 11h às 19h, mas sempre com limitação de 25% da capacidade dos estabelecimentos.

As academias poderão funcionar das 6h às 19h, com funcionamento máximo de 8 horas por dia. Também estão liberadas as atividades culturais no estado, mas dentro do limite de ocupação de 25% e apenas das 11h às 19h.

Deixe uma resposta